Em Macaíba lixo é reaproveitado e transformado em adubo orgânico

Uma parceria entre a Prefeitura de Macaíba e a UFRN transforma podas de árvores em adubo orgânico para agricultores dos assentamentos rurais do município. O trabalho da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (SEMURB) e da Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ) visa contribuir com a limpeza urbana e com o meio ambiente da cidade.
Semanalmente, cerca de 48 metros cúbicos de podas são destinadas ao processo de trituração e enviadas para a compostagem, um processo biológico onde microrganismos e animais invertebrados transformam matéria orgânica em adubo. Essa técnica controla a decomposição dos materiais orgânicos para obter adubo com a maior qualidade possível em um curto período de tempo.
O processo para transformar lixo em adubo começa quando a SEMURB recolhe podas de árvores e jardins descartadas nas ruas de Macaíba. “A gente recolhe os materiais de poda, tritura esse material e em seguida destina esse material para a EAJ. Lá, esse material passa pelo processamento natural de decomposição e reciclagem para que, ao final, se torne adubo orgânico e possa ser usado na agricultura”, comentou o secretário da pasta, Billy Jean.
O termo de cooperação entre a Prefeitura e a UFRN foi assinado em março deste ano. “Foi o diretor do Departamento de Solos da Escola Agrícola, professor Gualter Guenther, que nós procurou para firmar esse apoio”, comentou Billy.
Ainda de acordo com o secretário, o projeto também ajuda a diminuir a quantidade de lixo orgânico enviado para armazenamento. “Agora, esse adubo será utilizado nas praças e canteiros públicos, bem como ajudar aos agricultores dos assentamentos rurais e comunidade quilombola, para onde esse adubo também é destinado”, concluiu ele.
DO SENADINHO

Compartilhar em:

Entre na discussão!

Fique tranquilo, seu email está seguro.