Dia: 1 de outubro de 2021

Governo do Estado recusa terreno para construção de IERN em São José de Mipibu alegando “falta de visibilidade política”, denuncia vereadora

Durante sessão ordinária realizada desta terça-feira(28), na Câmara Municipal de São José de Mipibu, a vereadora Verônica Senra(MDB) denunciou à população mipibuense a decisão adotada pela governadora Fátima Bezerra, do PT, de não aceitar um terreno doado pelo município, aprovado na Câmara Municipal, para construção de uma unidade do Instituto Estadual de Educação Profissional, Tecnologia e Inovação (IERN) em São José de Mipibu.

O IERN faz parte do Programa Nova Escola Potiguar, anunciado em julho deste ano, pela governadora Fátima Bezerra e prevê a construção de 10 novas escolas, a reforma de pelo menos 60 e a recuperação de outras 100 em todo o estado até o final de 2022, contemplando principalmente os municípios de Natal, Touros, São José de Mipibu, Tangará, Santana do Matos, Jardim de Piranhas, Campo Grande, Umarizal, Alexandria, São Miguel, Mossoró e Areia Branca.

A negativa dada por parte do Governo do Estado, conforme denunciada na Câmara Municipal, pegou de surpresa a população de São José de Mipibu, que comemorou a possível chegada do IERN na sede do município, quando o benefício foi anunciado na imprensa estadual.

“Vocês sabem da alegria que tomou conta de todos nós quando recebemos o anúncio da governadora, que seríamos contemplados com um IERN”. Com essas palavras a representante do povo mipibuense iniciou pronunciamento criticando a conduta política adotada pela governadora Fátima Bezerra, que por meio de assessores técnicos recusou um terreno doado pelo município, localizado em área de expansão, próximo aos bairros de Pau Brasil, Rocinha, Bairro Novo, Tancredo Neves e o conjunto

Vereadora Verônica Senra (MDB) foto: Daltro Emerenciano

De acordo com a vereadora, a justificativa apresentada pela equipe do governo é que o terreno não possui visibilidade política, e que o ideal seria o município disponibilizar um terreno na margem da BR 101, mesmo constatando que o terreno cedido pelo ente municipal atende as exigências técnicas para execução do projeto.

A BR 101, no trecho que corta o município de São José de Mipibu é importante via de escoamento de produtos, como também principal via de acesso aos estados da Paraíba, Pernambuco e demais estados do Nordeste, possuindo intenso fluxo de veículos, fato que coloca em risco a vida dos educandos mipibuenses, principalmente aqueles que não possuem meios automotivos para ter acesso a unidade educacional, se essa chegar a ser construída nas imediações da BR 101.

“Ela solicitou ao prefeito José Figueiredo a doação de um terreno com área mínima de 8 mil metros quadrados. O gestor municipal imediatamente encaminhou à essa Casa Legislativa, um Projeto de Lei, com data de 3 de agosto de 2021, para aprovarmos a doação e, logo em seguida, após reunião das comissões, aprovamos o projeto, no dia 5 de agosto e, respeitando o caráter de urgência, o prefeito sancionou o projeto na mesma data, a doação do terreno com mais de 15 mil metros quadrados, quase o dobro da área solicitada”, discorreu Verônica Senra.

Terreno doado para o IERN, no bairro de Pau Brasil – área de expansão do município

Ela recusou o terreno. É estarrecedor saber da falta de compromisso que o Governo do Estado tem com o nosso município”, ressaltou a parlamentar.

Vocês sabem perfeitamente que na campanha para o Senado a atual governadora prometeu em palanque, se eleita senadora, São José de Mipibu seria contemplado com um IFRN. Ela disse que no mandato dela, de senadora, nós receberíamos um IFRN e ela não cumpriu a promessa. Até entendo os motivos pelos quais ela não cumpriu a promessa, mas a partir do momento em que está a frente do Governo do Estado e diz que São José de Mipibu vai ser contemplado com um IERN, o município faz a doação de um terreno em área de expansão e não aceita a doação, porque o terreno não tem visibilidade política por não estar a margem da BR 101, é de não acreditar”

E continua o desabafo: “Ela está preocupada com a educação ou com o palanque de 2022? Ela precisa saber que tem uma promessa e um compromisso com o nosso povo”, finalizou a vereadora.

Do Blog Daltro Emerenciano

Iniciada obra de ampliação do cemitério na comunidade do Mendes

Depois de mais de quatro anos de luta, entre negociação, desapropriação, pagamento, finalmente a Prefeitura Municipal atendendo o pleito da vereadora Verônica Senra (MDB) e o clamor da população, iniciou esta semana, os trabalhos de ampliação do cemitério do Mendes, no município de São José de Mipibu.

Segundo a vereadora Verônica, “as máquinas começaram a limpeza do terreno e em breve, o muro em torno da área ampliada, começará a ser feito”.

A vereadora adianta: “São 2.500 metros quadrados de área.O município não tinha mais espaço em nenhum dos cemitérios, e as famílias viviam peregrinando em um momento de dor imensa a procura de um local para enterrar seus mortos”, disse.

Equipe da Coordenadoria da Mulher troca experiências com agentes policiais civis de São José de Mipibu

A equipe da Coordenadoria da Mulher, esteve no início de setembro, na Delegacia de Polícia Civil de São José de Mipibu, onde se reuniu com o delegado Normando Feitosa, agentes e escrivão, trocando experiências sobre o atendimento a mulher Vítima de Violência.


A parceria entre a Delegacia de Polícia Civil e a Coordenadoria da Mulher de São José de Mipibu será realizada de forma que as mulheres não se sintam constrangidas ao procurar a delegacia.

“As mulheres atendidas na Coordenadoria da Mulher são orientadas e encaminhadas a registrar o Boletim de Ocorrência (BO), na delegacia. Logo após, a delegacia encaminha os BOs registrados de violência doméstica à Coordenadoria da Mulher, que realiza um trabalho de orientação, com visita domiciliar e suporte emocional e jurídico a essas mulheres“, explica a coordenadora da Mulher, Susanira Praxedes

A equipe da Coordenadoria da Mulher conta com advogada, assistente social e psicóloga. Toda uma equipe, pronta pra atender mulheres vítimas de violência. Além do atendimento presencial conta, também,com serviço remoto pelo WhatsApp (84) 99104-6541.


Susanira esclarece que “é dever de todos, incentivar as mulheres vítimas de violência a denunciarem seus agressores e procurarem ajuda. E São José de Mipibu é um dos poucos municípios do Estado que conta com os serviços da Coordenadoria da Mulher, oferecendo amparo às mulheres que se encontram com os direitos violados, inclusive em questões de saúde, habitação e benefícios sociais”.


Para mais informações, atendimentos, esclarecimentos ou denúncia acesse as redes sociais da Coordenadoria da Mulher:
Facebook: www.facebook.com/coordenadoria.sjm
Instagran: @coordenadoria_da_mulher_sjm

ARTIGO: A adoração é gratidão

Pe. Matias Soares-Pároco da paróquia de Santo Afonso M. Ligório


No decorrer da minha existência sacerdotal tenho acompanhado, na prática, sem divagações desencarnadas, muitas situações de profundo sofrimento dos milhares de penitentes atendidos por mim no confessionário. Dentre elas, penso que as mais impactantes foram vividas no santuário de Santa Rita, em Cássia, na Itália, em agosto de 2018 quando naquele espaço sagrado estive a confessar, durante o período em que estudei em Roma.


Uma das mais fortes experiências vividas por um cristão católico é a celebração do sacramento da confissão, quando este é motivado pelo e vivido com o sincero propósito de conversão. O encontro da misericórdia com a miséria (S. Agostinho) é a síntese do que este canal da Graça representa para o consagrado a Deus pelo batismo. Muitos fiéis católicos precisam descobrir e redescobrir este tesouro; como também, muitos irmãos presbíteros devem ter mais consciência de que um dos mais belos serviços que prestamos às nossas comunidades eclesiais é o nosso testemunho de dedicação constante aos nossos confessionários para celebrar este santificante mistério sacramental.


Uma questão que é muito recorrente quando ouvimos o povo de Deus nos confessionários, a saber é: “Por que Padre, a existência de tantos sofrimentos? Por que Deus permite tais acontecimentos, como a morte de filhos, catástrofes etc? Recentemente, durante sua estadia no hospital Gemelli, na capital italiana, o Papa Francisco enquanto visitava o setor das crianças que estavam sendo tratadas de doenças incuráveis observou que “para algumas perguntas da nossa existência, não existem respostas”. O mistério do mal e da iniquidade, na sua intensidade, só pode ser respondido, na sua contraposição, pelo sublime e salvífico mistério do Amor.


Temos que ajudar o nosso povo a ser capaz de ofertar-se a Deus. A nossa história evangelizadora sempre foi marcada por uma teologia do medo, temos dado passos no esclarecimento acerca do primado da Graça; mas, um tanto quanto, ainda, precisamos recordar a valorização da “adoração pela gratuidade”. Uma das questões que mais dificultam uma consistente experiência de fé, a partir do que é na sua catolicidade o mistério pascal de Jesus Cristo, é o não reconhecimento da necessidade de nos ofertamos a Deus-Pai em sinal da nossa adoração. A nossa fé, que, amiúde, é muito infantilizada, deve meditar mais o capítulo vinte dois do Gênesis -O sacrifício de Isaac- contemplar Jesus no Getsêmani, em vinte seis de Mateus; e o próprio testemunho de Maria Santíssima, que acompanha toda paixão e morte do seu Filho, que é relatada genialmente na grande obra de Michelângelo: La Pietà.

La Pietà -Michelângelo

Por fim, em tempos ainda marcados pela pandemia, traspassados pelas incertezas que geram enfermidades físicas, psicológicas e espirituais; desconstruções estruturais, que estão a nos colocar diante de desafios a serem enfrentados com muito empenho e determinação, o nosso posicionamento precisa ser construído com prudência, confiança e abertura de coração para as novidades que chegarão em tempos correntes e vindouros. Na nossa relação com Deus, a ação de graças é para ocupar um lugar prioritário. A nossa vida é para ser um dom constante a Deus e ao próximo. A partir desta dual unidade, podemos pensar a beleza e maravilha da Eucaristia como Sacramento do Amor e da Confissão como Sacramento do Perdão. Assim o seja!

Obras do VLT já chegaram ao município de São José de Mipibu

Obras do VLT já estão nas proximidades do Bairro Novo, em São José de Mipibu
Fotos: Renato Soares Galvão

As obras do Veículo Leve sobre Trilhos continuam em ritmo acelerado, com os serviços sendo executados no município de São José de Mipibu. O benefício faz parte do processo de modernização e ampliação do sistema de trens urbanos, que levará o VLT, de Parnamirim aos municípios de São José de Mipibu e Nísia Floresta.

O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho esteve no município de São José de Mipibu, no início do mês de setembro, visitando as obras de remodelação do trecho ferroviário da Linha Branca

A Linha Branca possibilitará a expansão da Linha Sul e beneficiará cerca de 6,8 mil passageiros. Serão construídos 23,4 km de vias, com quatro novas estações a partir de Parnamirim, passando por São José de Mipibu e chegando até Nísia Floresta. O investimento federal total é de R$ 58,3 milhões.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é image-7-1024x768.png

“Os municípios de São José e de Nísia têm milhões de pessoas que trabalham em Parnamirim e Natal e a passagem que pagam diariamente está acima de R$ 4,00. Nossa parte é dar viabilidade física e velocidade à obra que vai garantir segurança, rapidez e economia no transporte público da região”, disse o ministro Rogério Marinho.

Serão implantados 24 quilômetros de via e quatro estações, num investimento de R$ 58,3 milhões do MDR que serão direcionados à Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU). A previsão é de que cerca de 6,8 mil passageiros que utilizam o serviço diariamente sejam beneficiados, com a tarifa que hoje é de R$ 2, além de apoiar o turismo na região. A previsão é de que em 14 meses o serviço esteja concluído.

O município de São José de Mipibu será contemplado com duas estações para passageiros, sendo a primeira estação na avenida Bom Fim, e a segunda estação nas proximidades da antiga Estação de Papary

Detran vem a São José de Mipibu, dia 13/10 aplicar exames de direção veicular

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) divulgou o cronograma de exame prático monitorado de direção veicular com as datas e municípios do interior de Estado onde haverá aplicação de teste durante o mês de outubro. No total, as equipes de examinadores do Detran vão visitar 26 cidades do interior distribuídas nas várias regiões do RN.  

A aplicação dos testes inicia na próxima segunda-feira (04) com os candidatos a obtenção da CNH dos municípios de Parelhas e Acari. Os exames seguem nas cidades de Caicó (05/10); Lagoa Nova e Jaçanã (06/10); Passa e Fica (07/10); Nova Cruz (08/10); Goianinha e São José do Mipibu (13/10); Extremoz (14/10); São Paulo do Potengi (15/10); Guamaré, Macau e Alto dos Rodrigues (18/10); Assú e Angicos (19/10); Jucurutu e Jardim do Seridó (20/10); Currais Novos (21/10); Santa Cruz (22/10); São Miguel (25/10); Pau dos Ferros (26/10); Apodi e Caraúbas (27/10); Umarizal e Patu (28/10); e Alexandria (29/10).

  Durante os testes, os examinadores do Detran analisam o conhecimento prático de volante dos alunos que já foram considerados aptos nos exames médico e psicológico, e que também já concluíram a carga horária de aulas prática e teórica ministradas pelo centro de formação de condutor de sua escolha. Para que o candidato seja aprovado no teste é necessário que ele não cometa nenhuma falta eliminatória e que a soma dos pontos negativos seja menor do que três  

Neste sábado (2), Dia “D” da Campanha de Vacinação antirrábica

A Secretaria Municipal de Saúde estará realizando o Dia D, da Campanha de Vacinação Antirrábica, neste sábado (02), em São José de Mipibu. A campanha prosseguirá até o dia 13, e tem o objetivo de controlar a circulação do vírus da raiva canina e felina, prevenindo à doença em humanos.

A expectativa da equipe é de vacinar durante a campanha aproximadamente 8.000 animais entre a zona urbana e rural. Deverão receber a vacina cães e gatos em bom estado de saúde e acima de quatro meses de idade.

O dia “D” será, abrindo a campanha, acontece nos seguintes pontos:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é image-3-1024x1024.png

Centro – Prefeitura Municipal e UBS Marciano Dias Freire (Av. Senador João Câmara)
Bairro Novo – UBS
Conjunto da Cohab – Escola Municipal Elza de Melo Palhano
Tancredo Neves – UBS
Pau Brasil – CRAS

Segundo o coordenador do Setor de Endemias, da Secretaria Municipal de Saúde, Lucas, ” até o dia 23 de setembro, foram vacinados 2.956 cães, 986 gatos, totalizado 3.942 animais. Para isso, contamos com 15 pessoas na equipe, incluindo um veterinário”, disse.


Para mais informações o interessado deverá procurar o Setor de Endemias, localizado na Rua das Orquídeas, em frente ao Palladares Restaurante.

Prazo para realizar a Prova de Vida de servidor federal foi prorrogado até o dia 31 de dezembro

Os beneficiários do Poder Executivo Federal que não realizaram a comprovação de vida entre janeiro de 2020 e setembro de 2021 têm até o final do ano para realizarem a Prova de Vida e evitar a suspensão do pagamento da remuneração.   

Os aniversariantes a partir de outubro de 2021 que já cumpriram com a obrigação de comprovação de vida referente aos anos anteriores terão que realizar a Prova de Vida a partir do mês de aniversário, nos moldes do que está descrito na Portaria nº 244 e Instrução Normativa nº 45, ambas de 15 de junho de 2020.  

Para realizar a prova de vida, basta cumprir um dos procedimentos a seguir:Prova de Vida Digital, por meio de aplicativo no celular – o beneficiário precisa ter a biometria (identificação digital) cadastrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ou no Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), e ter instalado em seu celular os aplicativos SouGov.br e GOV.BR.  

O procedimento será iniciado pelo SouGov.br e, em seguida, deverá ser efetuada a validação facial no aplicativo GOV.BR. Todas as etapas serão indicadas na tela do celular. Depois, o beneficiário deverá acompanhar a sua situação pelo aplicativo SouGov.br.  

Comparecer presencialmente

 para a prova de vida presencial, o beneficiário deve comparecer a qualquer agência do banco onde recebe o pagamento, munido de documento de identificação com foto.   

Independente do canal em que foi realizada a comprovação de vida, o beneficiário pode acompanhar a situação no SouGov.br, tanto pelo aplicativo como pelo computador. Em qualquer desses canais é possível também obter o comprovante e receber notificações para lembrar o prazo da realização da Prova de Vida.  

Para saber mais sobre a Prova de Vida, acesse o Portal do Servidor.