Pequeno Tributo ao Café São Luiz

                        Gutenberg Costa – Escritor, pesquisador e folclorista Hoje, venho lembrar de um finado que não teve o direito a uma missa de corpo presente. De sétimo dia e nem de mês ou ano. Em sua calçada, nem uma vela acesa, bilhetes ou flores de despedidas e lamentos. O sino da catedral nem dobrou. Literalmente, nem choro, nem velas ou fitas amarelas, apenas lamentações dos seus antigos frequentadores. Natal não […]

5 Comentários leia mais [+]

NOVILÍNGUA

Nilo Emerenciano – Arquiteto e escritor No livro 1984, de George Orwel, o regime implanta uma língua nova, a novilíngua, com a finalidade de manipular fatos e controlar o pensamento dos cidadãos. Guimarães Rosa, em Grande Sertão, cria belos neologismos, como por exemplo, Riobaldo, ao ver o corpo nu de Diadorim, se perguntando: Será que amereci pouco? A verdade é que a língua é um elemento vivo e me compraz […]

3 Comentários leia mais [+]

CINE COMETA

José Olavo Ribeiro (aposentado do Banco do Brasil) – Bacharel em Administração/MBA USP e autor do livro “Portas Vermelhas” (contos) Nos idos de 1970 fui morar na agradável cidade de São José de Mipibu, onde residi até meados de 1977. Adolescente, eu e amigos nos divertíamos de segunda a sexta-feira, nas peladas, onde houvesse um terreno propício para correr atrás da bola. Os fins de semana eram mais concorridos: banhos […]

2 Comentários leia mais [+]

O DIA EM QUE EU QUASE MORRI

Nadja Lira – Jornalista • pedagoga • Filósofa Morrer é, segundo o dicionário, perder a vida; finar-se; fenecer; expirar; desencarnar. De acordo com a sabedoria popular, morrer é esticar as canelas; vestir o pijama de madeira; abotoar o paletó; ir morar na cidade de pés juntos; entregar a alma a Deus ou ao Diabo. Para mim, a morte é apenas a libertação da vida. Para o filósofo alemão Martin Heidegger, […]

2 Comentários leia mais [+]

Escravo, chuva e feira

Rosemilton Silva – Jornalista e escrito. Natural de Santa Cruz/RN Bom dia, meus povo. Tava eu escorado no balcão da bodega de Jeová com minha cumade Maria Gorda esperando que ele medisse meia cuia de farinha quando chega a professora Zeneide Rocha e, logo, engatamos uma conversa animada sobre Fabião das Queimadas que vinha a ser escravo do bisavô dela e que, como se sabe, tinha liberdade para escrever seus […]

1 Comentário leia mais [+]

FIGURAS MIPIBUENSE José Estelo

José Alves – Jornalista e editor do jornal e do blog O ALERTA José Estelo da Silva, ou simplesmente, Estelo, o pintor, nasceu na fazenda Caeira (atualmente povoado de São José de Mipibu), no dia 30 de novembro de 1953. Sua mãe, Maria Estela da Silva (não conheceu o pai, Manoel Paulino) mudou-se, posteriormente, para a fazenda Saruê, próximo à comunidade de Laranjeiras dos Cosmes, quando ainda tinha cinco anos […]

2 Comentários leia mais [+]

De volta ao passado…(59)

Período junino, o tradicional educandário de São José de Mipibu, o Instituto Pio XII, sempre promovia eventos alusivos aos festejos. Na foto um desse eventos, onde vemos: Wellington, Zé Ramires, Manoel Barbalho, ‘Sabugo’, (pessoa que não identificamos), Sherer Guerra, Didi ( de seu padre) e Daltro Emerenciano. Era o ano de 1971. Lá se vão 50 anos… ( foto do facebook de Manoel Barbalho)

1 Comentário leia mais [+]