Dia: 12 de maio de 2021

Confira as regras para o transporte intermunicipal no novo decreto do Governo

O Governo do RN publicou um novo documento com as novas regras e restrições de combate à covid-19 em todo o território potiguar. As diretrizes passam a valer a partir de hoje (12) e até o dia 27 de maio.

No Decreto Nº 30.562, de 11 de maio de 2021, o Governo do RN mantém a proibição de transportar passageiros em pé no âmbito do Sistema de Transporte Coletivo Rodoviário Intermunicipal do Rio Grande do Norte.

De acordo com o decreto, o condutor do transporte será responsável por impedir o acesso de passageiros sem utilização de máscara de proteção facial, e em caso de recusa do usuário, acionará a autoridade policial para adoção das medidas cabíveis.

Confira o trecho do decreto:

Do Transporte Público Intermunicipal

Art. 12. Fica mantida a proibição de transportar passageiros em pé no âmbito do Sistema de Transporte Coletivo Rodoviário Intermunicipal de Passageiros do Rio Grande do Norte (STIP/RN), sem prejuízo do disposto no Decreto Estadual nº 29.927, de 14 de agosto de 2020, bem como, no que couber, as medidas previstas na Portaria nº 017/2020 – GAC/SESAP/SEDED, de 31 de julho de 2020.

Parágrafo único. O condutor deverá impedir o acesso de passageiros sem utilização de máscara de proteção facial, e em caso de recusa do usuário, acionará a autoridade policial para adoção das medidas cabíveis.

Fonte: Portal Grande Ponto

Bispos do RN publicam novas medidas sobre a presença de fiéis nas missas

Com base no decreto do Governo do Estado n° 30.562, de 11 de maio de 2021, os bispos Dom Jaime Vieira Rocha, arcebispo Metropolitano de Natal; Dom Mariano Manzana, bispo de Mossoró e Dom Antônio Carlos Cruz Santos, MSC, bispo de Caicó estão autorizando as celebrações dominicais e nos dias feriados, com a participação presencial de fiéis (30%), podendo chegar a 50% da capacidade se utilizadas as áreas abertas, mediante prévia autorização da vigilância sanitária (Secretaria de Saúde), em todos os horários, respeitando o toque de recolher (22h às 5h).

PARÓQUIA DE SÃO JOSÉ DE MIPIBU

Padre José Lenilson, orienta fiéis sobre novo decreto Foto: Blog JL

Sobre esta nova autorização, dos bispos do RN, os padres da Paróquia de São José de Mipibu, padre José Lenilson, padre Rogério Ferreira Barros e padre. Robson Paulo de Oliveira Silva, lembram: “Ficou autorizada as celebrações todos os dias da semana, inclusive domingos e feriados, menos no horário das 22h às 5h da manhã. Portanto, as comunidades podem realizar as Celebrações da Palavra ou missas nos domingos à noite também”.


O pároco padre Lenilson, acrescenta: Na matriz, seguiremos o calendário especial paro mês de Maio, com as missas dominicais, às 7h, 9h e 11h.  No próximo mês de junho retomaremos a celebração da eucaristia às 19h”. 


O limite de fiéis continua em 30%. O que o decreto permite é que se chegue a 50% da capacidade do templo se houver um espaço externo para abrigar os fiéis. No caso ficaria 30% dentro e 20% fora. 


Finalizando, os padre lembram que “não esqueçamos: se não fizemos cada um e todos a nossa parte, poderá haver uma terceira onda de contágio com todos os problemas que já conhecemos”.




Novo decreto amplia atividades escolares e abertura da economia

Ampliação das atividades escolares, liberação de eventos corporativos, abertura de parques públicos para atividades esportivas e novo horário de funcionamento de bares e restaurantes são as principais medidas estabelecidas no Decreto Estadual n° 30.562 que será publicado na edição desta quarta-feira (12) do Diário Oficial, com vigência até 27 de maio.

Elaborado após ouvir os principais segmentos da sociedade potiguar, o novo decreto altera o período de vigência do toque de recolher, que passa a ser das 22h às 05h -, inclusive nos domingos e feriados; mantém o escalonamento de horários de funcionamento do comércio dependendo da atividade econômica, e autoriza a prática de esportes coletivos em arenas, academias e similares, independentemente de estarem ou não vinculados a competições oficiais.

Observado o cumprimento dos protocolos sanitários previstos no “Documento Potiguar – Diretrizes para Retomada das Atividades Escolares nos Sistemas Estadual e Municipais de Ensino do Rio Grande do Norte”, as instituições de ensino poderão ampliar seu funcionamento de forma gradual, em sistema híbrido e de modo facultativo, às seguintes séries educacionais:  I – a partir de 17 de maio, o 6º e o 7º ano do ensino fundamental e a 2ª série do ensino médio; II – a partir de 31 de maio, o 8º e o 9º ano do ensino fundamental e a 1ª série do ensino médio; III – a partir de 17 de maio, o ensino técnico profissionalizante.

Para fazer os ajustes, o Governo levou em consideração o quadro epidemiológico e a situação socioeconômica do estado. “É fundamental o engajamento e o cumprimento responsável dos protocolos sanitários por parte de toda a sociedade; dos empresários e trabalhadores; das prefeituras e demais Poderes; e de você, cidadão e cidadã, para que não tenhamos retrocessos e avancemos no combate à pandemia”, recomendou a governadora Fátima Bezerra.

Confira abaixo as mudanças:

Toque de Recolher

  • Com o novo decreto o toque de recolher passa a ser das 22h às 5h todos os dias da semana. O toque de recolher em tempo integral aos domingos e feriados foi extinto.

Bares, Restaurantes, Food parks e similares

  • Ao contrário dos decretos anteriores, o atual não proíbe venda e consumo de bebidas alcoólicas.
  • Podem funcionar todos os dias da semana, das 11h às 22h, com tolerância de 60 minutos, exclusivamente para o encerramento das atividades presenciais.
  • Restaurantes localizados no interior de hotéis e pousadas seguem os mesmos protocolos sanitários, permitido, ainda, o funcionamento 24 horas para atendimento aos hóspedes.

Comércio

  • Comércio, Serviços e Turismo em lojas de rua: 8h30 às 16h30
  • Lojas em shoppings: 10h às 20h –
  • Praças de alimentação em shopping: 11h às 22h com 60 minutos de tolerância.
  • Academias: 5h às 22h

Escolas

  • Autoriza a retomada do ensino híbrido (presencial e online) em escolas públicas e privadas.
  • As instituições de ensino poderão ampliar o funcionamento de forma gradual:
    – a partir de 17 de maio, o 6º e o 7º ano do ensino fundamental e a 2ª série do ensino médio;
    – a partir de 31 de maio, o 8º e o 9º ano do ensino fundamental e a 1ª série do ensino médio;
    – a partir de 17 de maio, o ensino técnico profissionalizante.
  • Já estava permitido o sistema híbrido até o 5º ano do Fundamental I e para a 3ª série do Ensino Médio

Igrejas e templos

  • Podem funcionar com 30% da capacidade, mas podem chegar a 50%, desde que as atividades religiosas sejam realizadas de áreas abertas.

Parques Públicos

  • Liberados para atividades esportivas e passeio, com redução de 50% da capacidade.
  • Seguem suspensas atividades em circos, parques de diversão, clubes sociais, museus, bibliotecas públicas, cinemas e demais equipamentos culturais.

Esportes coletivos

  • Permitidos os eventos esportivos profissionais em agenda de campeonato oficial e a prática de esportes coletivos em arenas, academias e similares sem presença de público e com testagem dos participante um dia antes.

Mipibuense participa exposição virtual no site do Metrô de São Paulo

O fotógrafo mipibuense, Valdeci Oliveira, participa com uma foto de sua autoria, em uma exposição virtual no site do metrô de São Paulo/SP, que foi aberta nesta terça-feira (11).

A exposição virtual ‘Cenários’, está sendo apresentada no metrô de São Paulo, com fotos selecionadas do 9º Salão Nacional de Arte Fotográfica ABCclick, publicada na Linha da Cultura da Biblioteca Neli Siqueira, página na internet dedicada às artes.

Nessa primeira mostra foram selecionadas pela diretoria executiva do Fotoclube ABCclick 27, imagens que trazem perspectivas visuais com três pilares na narrativa: humanos, animais e a natureza, dentro de cenários variados, mas sempre com uma conexão entre eles.

Para o diretor de Fotografia do ABCclick, Clelgen Luiz Bonetti, “uma foto tem que revelar uma história que sensibilize o observador” como podemos perceber nesta exposição. “Não basta apenas a beleza visual, que por si só é incompleta”.

Todas as 27 fotos são em preto e branco, e com uma grande potência emocional, fazem parte das 100 fotografias classificadas e premiadas do 9º Salão Nacional de Arte Fotográfica do Fotoclube ABCclick, realizado no começo deste ano. As demais fotos serão apresentadas nos próximos meses.

Fazem parte deste mostra as obras dos fotógrafos e fotógrafas, além do mipibuense Valdeci Oliveira,  Andreza Cunha, Antônio Ferreira, Cezar Magalhães, Cleusa Migliorini, Deborah Dias, Ederaldo Veronese, Elias Rosal, Gutemberg Ostemberg, Helder Fontenele, Ivan Cavas, Leny Fontenelle, Luís Carlos Martinelli, Magali Maschi, Patricia Marcondes, Peterson Azevedo, Raoni Frizzo, Régis Santos, Ricardo Fernandes, Ricardo Takamura, Roberto Soares Gomes, Thais Andressa e Thelmå Gatuzźo.

QUEM É

Valdeci Oliveira – Foto: Lenilton Lima

Valdeci Oliveira nasceu no Rio de Janeiro. É casado com a professora Eurídice Carvalho. Reside em São José de Mipibu desde 1992, lugar que aprendeu a gostar, no qual fez inúmeros amigos.

Fotógrafo há 15 anos, pelo simples fato de registrar momentos e acontecimentos significativos do seu olhar. Segundo Valdeci, “como não tenho uma vertente específica, fotografo quase tudo, paisagens, marinas, espetáculos e gente”.

E complementa, “amo todas as manifestações artísticas e culturais. A música, o cinema, o teatro, as artes plásticas têm uma importante contribuição na minha formação intelectual/emocional”. Em São José de Mipibu, Valdeci fez parte do grupo do Coreto Cultural, que mensalmente levava várias manifestações culturais e artísticas à praça. Atualmente, é membro da Associação Cultural Cajupiranga, que preserva grupos folclóricos do município e região

Fábio Dantas: “Oposição precisa de projeto para o Rio Grande do Norte”

Fábio Dantas disse que, se a classe política não se unir para lançar um terceiro nome, “pode se preparar para entregar comando a Styvenson”. Foto: José Aldenir/Agora RN

Ex-vice governador e ex-deputado estadual avalia que ainda é cedo para se falar dos nomes dos prováveis candidatos em oposição à governadora Fátima Bezerra, acrescentando que existe um sentimento de orfandade na classe política e na sociedade, ocasionado pelo isolamento e distanciamento que o governo do PT impõe a esses setores

Ex-vice-governador do Rio Grande do Norte, o ex-deputado estadual Fábio Dantas (Solidariedade) criticou o fato de a oposição ainda não ter formulado um projeto de desenvolvimento para apresentar como opção à população norte-rio-grandense nas eleições do próximo ano. “Acho que a prioridade da oposição não deve ser escolher um candidato, antes precisa ter um projeto para o Estado. Lá na frente se escolhe o candidato que irá representar esse projeto”, defende Fábio.

De acordo com Fábio Dantas, a oposição deveria se unir primeiro em torno de um projeto único, que junte toda a oposição, para só então discutir candidaturas. “Ao se falar de candidaturas e não de projetos, mostra-se uma preocupação mais com o pessoal do que com o coletivo. Ninguém vai liderar esse processo dizendo que já é candidato”, critica, se referindo aos ministros Fábio Faria e Rogério Marinho, que se dizem candidatos ao Senado, e aos deputados Tomba Farias (PSDB) e Benes Leocádio (PRB).

Fábio afirma que há um sentimento de orfandade na classe política e na sociedade, ocasionado pelo isolamento e distanciamento que o governo do PT impõe a todos esses setores, em sua visão. Para modificar esse sentimento, segundo Fábio, a classe política (leia-se a oposição ao PT) “precisa amadurecer e esquecer projetos pessoais”. “A classe política do RN é órfã de governo, por isso a importância da união de todos. Mas não acho que se construa nada impondo nomes. Nomes naturais são aqueles que surgem de baixo para cima, que venham das bases, do povo”, observa.

Fábio Dantas cita a pré-candidatura do senador Styvenson Valentin (Podemos) a governador como possível fator de desestabilização da classe política potiguar, caso a oposição não se una para oferecer uma terceira via para fazer frente ao senador e à governadora Fátima Bezerra. “Se a classe não se unir e lançar um terceiro nome, pode se preparar para entregar (o comando do Estado) a Styvenson. Entre o desastre pretérito ou o presente, o eleitor vai optar por quem ainda não foi testado”, diz, endereçando críticas ao atual governo e lembrando que Styvenson poderá ser visto como a novidade e surpreender sendo eleito.

Necessidade de reformas

Na avaliação de Fábio Dantas, o Rio Grande do Norte necessita de “reformas estruturais sérias”, parte das quais já encaminhadas pela gestão Fátima, mas ainda de maneira tímida, e insuficientes para sanear as contas públicas e permitir que o Estado faça investimentos e se desenvolva. O ex-deputado diz que listou 54 medidas de impacto para o Estado, entre as quais estão três já executadas pela governadora, que são a reforma da previdência, o teto de gastos públicos e o fim da receita do programa de desenvolvimento (Proedi).

“Isso é muito pouco. Reforma tem que passar pelo fim dos supersálarios, que tem que ser o salário do governador. Acabar com os aumentos salariais a servidores de forma desigual, dentre várias outras”, pontua, citando que a folha de pessoal da Paraíba tem 15 mil servidores a mais que a do RN, mas que no estado vizinho a folha é cerca de R$ 2 bilhões mais enxuta que no RN.

“Aqui tem menos funcionários e mais gasto. O servidor público do RN precisa dar sua colaboração”, cobra, citando, ainda, que o Rio Grande do Sul, depois de uma crise enorme, fez recentemente sua reforma e hoje, após uma crise jamais vista, já consegue pagar em dia o funcionalismo e dá saltos seguidos de superavit. “Aqui um governo quer investir em segurança, mas não sabe onde pegar dinheiro”, ilustra.

Do Agora RN

Senador Styvenson Valentim pede mais vacina CoronaVac para o RN


O senador Styvenson Valentim (Podemos/RN) enviou um ofício ao Ministério da Saúde *reforçando o pedido do governo do estado* para que sejam enviadas ao Rio Grande do Norte doses da vacina CoronaVac, no intuito de dar prosseguimento à aplicação da 2ª dose e não interromper, com isso, o processo de vacinação dentro do intervalo de tempo considerado ideal para as duas doses.

De pronto, o Ministério da Saúde confirmou, nesta terça (11/5), o envio de mais dois lotes da CoronaVac ao RN, direcionados ao público que irá tomar a 2ª dose. Ao todo, serão enviadas 34.200 doses de CoronaVac no primeiro lote e mais 35 mil doses no segundo até a próxima semana. Somando esse quantitativo às 15.600 que já foram enviadas ao RN no último final de semana, o estado vai atingir 84.800 das 87 mil doses, número total de pessoas com a imunização atrasada por falta da 2ª dose da Coronavac, segundo a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap).


No ofício, Styvenson atende o apelo do governo do estado e pede a compreensão do Ministério da Saúde para que os entes da federação que estão com atraso na aplicação da segunda dose sejam priorizados no recebimento das vacinas em relação aos demais.


Styvenson, que é vice-presidente da Comissão Temporária da Covid no Senado Federal, tem atuado no sentido de atender a todos os pleitos quando ao assunto é “vacina” contra o coronavírus e pronto para ajudar os governos federal e estaduais, em especial o do RN,  em qualquer missão que seja para o bem da população e para que o processo de vacinação ocorra da forma mais rápida, segura e eficiente.


Além disso, o senador potiguar recebeu denúncias e foi pessoalmente visitar pontos de vacinação no RN que apresentam problemas de aglomeração de idosos na fila para receber a vacina. Ele encaminhou as denúncias para o Ministério Público estadual cobrando rigorosa apuração dos fatos, de forma a apontar eventuais responsabilidades de autoridades públicas, bem como a possível existência de omissão e improbidade.

TJRN faz parceria com PM para atendimento a conflitos em acidentes de trânsito

A Unidade Móvel de Trânsito é um serviço oferecido pelo TJRN, em parceria com a Polícia Militar, para atender envolvidos em acidentes de trânsito, com o intuito de promover uma resolução adequada, justa e rápida dos conflitos decorrentes dessas situações muitas vezes desagradáveis e desgastantes.
No atendimento as partes contarão com profissionais capacitados para apontar o condutor responsável pela colisão e para a realização da primeira audiência no próprio local do acidente. 
O serviço é prestado em Natal e cidades adjacentes, das 7h às 19h, de segunda-feira a sábado e pode ser acionado pelos números 36166653, 190 e 156.

Do Blog João Maria Freire

Prefeitura de São Gonçalo lança edital que vai beneficiar artistas com auxílio financeiro

A Prefeitura de São Gonçalo do Amarante, por meio da Fundação Cultural Dona Militana, lançou mais um edital de auxílio financeiro para os trabalhadores da Cultura afetados pela pandemia.

Cerca de 100 artistas do município serão beneficiados.

As inscrições para o ‘Cultura em Movimento’ seguem até 25 de maio, pelo endereço eletrônico: editalculturalemmovimento@gmail.com

Os interessados devem apresentar um projeto de ação relacionado ao seu setor, atendendo aos critérios estabelecidos pelo edital e pela lei que rege a utilização dos recursos do Fundo Municipal de Cultura.

Cada artista deverá receber R$ 700, totalizando à Prefeitura o valor de R$ 70 mil.

Essa é a segunda vez que a Prefeitura paga auxílio financeiro aos profissionais do setor.

“Esses trabalhadores estão há mais de um ano sem poder realizar nenhum tipo de atividade. E a gestão está chegando junto deles para ajudar a enfrentar essa crise”, destaca o presidente da FCDM, Abel Neto.

O edital completo está em www.saogoncalo.rn.gov.br

NOTA DO BLOG: Não se conhece qualquer apoio financeiro para os artistas mipibuenses, por parte da Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Cultura